Arquivo da tag: terminal

Enviando Whatsapp via linha de comando linux

Receber alertas de rotinas de backup, scripts, sistemas de monitoramento como nagios e zabbix via WhatsApp pode ser extremamente util, principalmente quando se tem um volume muito grande de mensagens (que ja vão normalmente por email) e se quer dar destaque para algums mais importantes.
Então, vamos ver aqui como usar o Yowsup (feito em python) para enviar mensagens para seu numero WhatsApp. Depois, como personalizar a rotina, é com você!

Primeiro vamos instalar as dependencias (debian like):
como root:
# apt-get install unzip python python-argparse python-dateutil python-setuptools python-dev python-pip

# pip install python-axolotl

baixando o yowsup:

wget https://github.com/tgalal/yowsup/archive/master.zip

descompactando:

unzip master.zip
cd yowsup-master/
chmod +x yowsup-cli

edite o arquivo config (não existe,vamos cria-lo)
e coloque o seguinte conteudo:
cc=55
phone=555399999999 #telefone que vai ser usando para enviar (cod pais+cod cidade+numero)
id=
password=

Salve o arquivo e vamos para o proximo passo:
Solicitar a senha:
./yowsup-cli registration -r sms -c config

Resposta deve ser algo semelhante:

Detected cc: 55
status: sent
retry_after: 10508
length: 6
method: sms

Consulte o seu celular (que você inseriu no arquivo de configuração) e use esse codigo no proximo comando:
./yowsup-cli registration -R CODIGO -c config

Resposta deve ser algo semelhante:

status: ok
kind: free
pw: tMvlYNLFbAebLOLZDeLeTe8zAY7lbI=
price: US$0.99
price_expiration: 1425157698
currency: USD
cost: 0.99
expiration: 1453996703
login: 555399999999
type: existing

Note a linha: pw: tMvlYNLFbAebLOLZDeLeTe8zAY7lbI=
vamos usar essa senha no arquivo de configuração, edite o arquivo config e insira altere a linha:
password
para:
password=tMvlYNLFbAebLOLZDeLeTe8zAY7lbI=

Pronto! agora podemos enviar mensagens:
./yowsup-cli demos -c config -s “555399998888” “Bombou o zatzat textmode”

Turbinando seu terminal do mac os usando HomeBrew

Você que vem usando linux e esta migrando para o MAC deve querer aqueles comandinhos de terminal de volta.
o MAC possui um terminal bem atraente (comandos de bsd) mas podemos adicionar alguns programas que nos deixam mais perto do linux (htop, wget etc..etc..)
Por onde começar:
vamos instalar o home brew, que permite instalar outros programas (como se fosse um apt-get do mac)
não se preocupe, o processo é totalmente seguro:
para instalar o homebrew em seu mac, abra um terminal e cole:
ruby -e "$(curl -fsSL https://raw.githubusercontent.com/Homebrew/install/master/install)"

para instalar um software usando brew :
brew install htop

maiores informações em:
http://brew.sh/index_pt-br.html

corrigindo problema de xterm-256color

ao tentar executar o VIM ou o HTOP ou o top (entre outros programas que usam cores)
me retornava o erro:
“Error opening terminal: xterm-256color.”
ou:
“‘xterm-256color’: unknown terminal type.”

para corrigir isso execute:
export TERM=xterm

Comandos basicos do terminal linux

Tabela com alguns comandos básicos para você começar a usar o terminal
http://www.4shared.com/office/hGROmv13/tabela_comandos_linux.html

Primeiros passos no terminal

Palestra no evento TcheLinux UCPEL 2012

Slide pode ser visualizado pelo Slideshare em:
http://www.slideshare.net/rafaeldelete/primeiros-passos-no-terminal-tchelinux-ucpel-2012-14082757

Versão em PDF pode ser visualizada no link a baixo:
http://ubuntuone.com/7jajGdoqm2yU874drlz0uh

Mais informações para iniciantes no “Guia Foca Linux – iniciante”
http://www.guiafoca.org/?page_id=14

Pessoal, corrigi alguns erros da apresentação e atualizei o PDF.

dicas e comandos para vc usar no terminal

Algumas dicas e comandos para você se sair bem no terminal

cd

cd PASTA ( entra no diretorio/pasta, lembre-se da estrutura de diretórios… )
cd (se digitar apenas cd, você vai para o seu diretório home)
cd – (volta para o diretório que você estava antes)
pwd (mostra o diretório que você esta

df

df -h (mostra as partições montadas, espaço ocupado e espaço livre de cada partição)

du

du -sh (mostra o tamanho da pasta atual)

localizando arquivos

find / -name ARQUIVO (procura apartir do / )
se quiser localizar apenas em algum diretório , altere o / por /SEU_DIRETORIO

Localizando com o comando locate:
primeiro atualize a base de dados de arquivos:
updatedb
depois use o comando locate para localizar o arquivo desejado:
locate ARQUIVO

uptime

uptime (mostra o tempo que sistema esta ligado)

Manipulando processos

ps aux (visualiza todos os processos em execução de todos os usuários)
top -d1 (visualiza o uptime, junto com os processos em execução, vai atualizando de 1 em 1 segundo )
htop ( um top bonitinho, tem que instalar )
kill PID ( PID é o numero do processo, esta na segunda coluna do comando ps aux )
killall processo ( no caso do killall pode usar o nome, exemplo: killall apache2 )

Visualizar hardware

lsusb ( lista dispositivos conectado nas portas USB )
lspci ( lista dispositivos PCI )
cat /proc/sysinfo ( mostra informações sobre CPU e demais itens da placa mãe )
free -m (mostra informações da memoria RAM e SWAP, em Mb )
fdisk -l ( lista dispositivos de armazenamentos, rodar como root ou sudo )

mount

mount -a ( monta dispositivos usando o /etc/fstab, util para quando você altera o fstab e quer testar )

Gerenciamento de pacotes

dpkg -l ( lista pacotes instalados )
dpkg -l |grep palavra ( lista pacotes e filtra e mostra apenas os que contém PALAVRA )
dpkg -i arquivo.deb ( instala pacote .deb )
dpkg -P pacote ( remove pacote e arquivos por ele usado )
dpkg -r pacote ( remove apenas os binários do pacote )

Visualização de arquivos(logs)

tail -f arquivo ( fica acompanhando em tempo real as modificações do arquivo )
tail -n10 (visualiza apenas as ultimas 10 linhas, pode ser combinado com o -f para ficar acompanhando em tempo real)
cat arquivo (visualiza arquivo)
tac arquivo ( visualiza arquivo de de baixo para cima , ao contrario do cat )
Dica:
cat,tac assim como qualquer comando que exiba uma saída, pode ser combinado com:
| wc -l ( conta as linhas )
| wc -w (conta as palavras)
| grep palavra (filtra a palavra)
Exemplo:
delete@delete-notebook:~$ cat /etc/passwd |wc -l
46

ou
delete@delete-notebook:~$ cat /etc/passwd |grep root
root:x:0:0:root:/root:/bin/bash